04 outubro 2015

A Era Napoleônica

A Era Napoleônica 

1. Como tudo começou?

* No 18 Brumário, com um golpe, o governo francês foi entregue a 3 cônsules, Napoleão Bonaparte (que era um prestigiado homem do exercito). , Emmanuel Sieyès e Roger Ducos.  

*A princípio Napoleão liderava o governo e os outros apenas auxiliavam.

*Um plebiscito tornou Napoleão cônsul vitalício. Outro plebiscito o tornou imperador.

*Ele instaurou a estabilidade política burguesa, criou escolas, faculdades, incentivou o ensino superior e fundou o banco da França.  

*Mas acima de tudo, sua política externa era baseada na guerra. Napoleão venceu batalhas terrestres contra Prússia, Russia e Áustria. O objetivo do imperador era conquistar a Europa, ele derrotava os países, derrubava os monarcas e colocava parentes no  comando.   

* Mas nas batalhas marítimas Napoleão e seu exercito perderam para a Grã-Bretanha. Mas Napoleão não podia aceitar essa derrota, então declarou o Bloqueio Continental, que proibia a França, aliados e conquistados à comercializaremo com a Grã-Bretanha.

* Seu objetivo era enfraquecer a potência, mas ao invés disso, os países neutros foram hostilizados por não respeitarem o bloqueio. Dessa forma as populações locais ficaram insatisfeitas com o governo de Napoleão (inclusive na França).

*E a Rússia não respeitou o bloqueio, e mesmo sabendo da dificuldade de guerrilhar contra o país Napoleão avançou para a Rússia, junto com 600.000 soldados. Mas a França não foi nada bem sucedida, a Rússia utilizou a tática da terra arrasada, deixando os soldados franceses sem recursos. E para piorar a situação o país estava em um inverno rigoroso. Muitos dos soldados de Napoleão morreram, devido ao frio, à fome, sede, etc. Chegaram a cidade onde estava o czar menos de 60 mil soldados, e o czar não cedeu. Os francesas marcharam de volta, humilhados. 

*O povo francês estava muito insatisfeito, e aproveitando a instabilidade do governo, Prússia, Rússia, Áustria, Suécia e Grã-Bretanha organizaram um golpe para destronar Napoleão. Ele foi obrigado a assinar o Tratado de Fontainebleau, onde abdicava do trono, recebia uma pensão anual e ganhava o comando da ilha de Elba.  Ele teve que aceitar e se exilar em Elba.

*Mas durante seu exílio ficou tramando uma forma de voltar à França. E ele conseguiu fugir da ilha e chegando na França teve apoio populacional para voltar ao trono. Mas o novo governo durou apenas 100 dias. 

*Na batalha de Waterloo, as tropas francesas são derrotados por britânicos e prussianos. Napoleão voltou a Paris e abdicou do trono. Foi exilado na ilha de Santa Helena, onde morreu.

*Apos a assinatura do Fontainebleau, Áustria, França, Prússia, Rússia, Grã-Bretanha e outros, se encontraram em Viena (Áustria).  O encontro foi interrompido durante o governo de 100 dias, e retornou só depois da abdicação de Napoleão.   


*O objetivo do Congresso de Viena era restabelecer as bases políticas do Antigo Regime na Europa, restaurar as monarquias e definir uma política que garantisse paz no continente. O ideal deles era eliminar a influencia das ideias liberais da Revolução Francesa. 


*Os representantes em Viena defendiam os princípios da Legitimidade (dinastias deveriam ter de volta os tronos e territórios perdidos) e equilíbrio de poder (as grandes potências teriam o direito de obter novas possessões fora da Europa e manter aquelas que já tinham)

*Assim a França perdeu muitos territórios conquistados por Napoleão. As potências tiveram muitos benefícios, principalmente a Grã-Bretanha.

*Um ano depois Rússia, Prússia e Áustria, uniram-se na Santa Aliança, visando garantir o cumprimento das medidas do Congresso de Viena. Eles buscavam manter o controle das metrópoles mas  só estimularam movimento de emancipação. A Grã-Bretanha não aderiu, porque tinha interesse no comércio com as nações americanas.    
    







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são muito importantes!